Casa das Formigas Brasil

Notícias

Compartilhe
23/07/2019

O encontro com a Gentinência

O encontro com a Gentinência

Quem acompanhou os posts nas redes sociais da Casa das Formigas Brasil (@casadasformigasbrasil) percebeu o carinho com que as crianças receberam nossa equipe brasileira na visita à Casa das Formigas em Moçambique neste mês de julho. Sorrisos, músicas, danças, conversas, abraços, um ficar por perto timidamente. Entre tantas histórias de vida dessas crianças e adolescentes, uma chamou a atenção de um dos integrantes da equipe da Casa das Formigas Brasil, a Gentinência.

 

Wilson Vieira, fotógrafo experiente, doou o seu tempo e expertise para captar fotos e imagens das nossas crianças em Moçambique. Essa foi sua segunda viagem à Casa das Formigas (a primeira aconteceu em 2017).

Ao tirar uma foto de uma menina a caminho da Casa das Formigas, percebeu que sua mochila estava rasgada e o olhar desta meiga menina chamou sua atenção. Incomodou o fato de sua mochila não estar em boas condições e sentiu o desejo de providenciar uma nova para ela e pensou em saber mais da sua história no dia seguinte. O mais interessante é que Wilson tinha solicitado ao Pr. Simeone Mate a autorização para filmar a história de uma das crianças para que as pessoas aqui do Brasil conhecessem a realidade das crianças que são atendidas na Casa das Formigas. Grande foi a surpresa, pois o Pr. Simeone tinha escolhido para este momento, a Gentinência. Coincidências que só Deus explica!

Wilson foi até a casa dela e conheceu de perto os muitos desafios enfrentados por esta menina tímida e sua família. Gentinência mora com a irmã mais velha, seu sobrinho e sua tia, pois não conhece o pai e a mãe tem deficiência. A casa de Gentinência com um cômodo apenas, com um cesto como guarda roupa, chão de areia, sem cama, apenas alguns panos num cantinho no chão onde dorme com sua inseparável companheira de quarto, uma boneca (sem cabeça). Não há energia e água encanada e conta com a ajuda da vizinha para obter com os baldes a água para colocar nas bacias onde lavam as louças, para cozinhar e para o banho. 

Sabemos que essa realidade é vivida na África, no Brasil e em muitos outros países.

Gentinência ganhou a Casa das Formigas, uma mochila nova e uma boneca. Wilson ganhou a oportunidade de trazer um pouco mais de alegria para Gentinência. Ambos ganharam um ao outro.

Devemos testemunhar, ajudar, amar AQUI no Brasil e LÁ ao mesmo tempo. A palavra de Deus é clara: "Mas recebereis poder, ao descer sobre vós o Espírito Santo, e ser-me-eis testemunhas, tanto em Jerusalém, como em toda a Judéia e Samaria, e até os confins da terra".

Na alfândega moçambicana quando a equipe chegou com 7 malas de doação, o diretor da alfandega questionou: “Porque vocês trouxeram tantas coisas para nós se no Brasil também tem crianças para ajudar?” Então, Pr. Pedro Leal respondeu: “Trazemos porque amamos o seu povo e porque também fazemos no Brasil”.

Cumprindo a Palavra do “TANTO” aqui “COMO” lá, seguimos em nossa jornada de testemunhar a Cristo. 

Quer se envolver? Apadrinhe uma criança moçambicana, mais informações no link.

< Veja outras notícias