Fundadores da Casa das Formigas

Fundadores

Compartilhe

Fundadores - Casa das Formigas

Fundadores da Casa das Formigas Brasil

No dia 16 de fevereiro de 2017 nascia a Casa das Formigas Brasil, uma instituição criada pela Primeira Igreja Presbiteriana Independente de Londrina.
Primeira Igreja Presbiteriana de LondrinaQuando os desbravadores ingleses da Companhia de Terras Norte do Paraná chegaram à região, no início dos anos 30, vieram também as primeiras famílias evangélicas. Hoje, a Primeira Igreja Presbiteriana Independente é uma Igreja em células, missionária e com ênfase no ensino da Palavra de Deus. 

Fundadores da Casa das Formigas em Moçambique
Delci Esteves dos Santos
, brasileira, missionária da Missão Antioquia e da 1ª Igreja Presbiteriana Independente de Londrina (PR), formada em Secretariado Executivo pela Faculdade Álvares Penteado.
Delci Esteves dos Santos e as crianças da Casa das Formigas Trabalhou em multinacionais até que entendeu que Deus queria que ela O servisse na obra missionária em tempo integral. Então, decidiu deixar a empresa na qual havia acumulado as funções de secretária e administradora por 25 anos. Foi voluntária da Missão Antioquia participando de todo o processo de estruturação do Vale da Bênção e missionária em Londres, na Inglaterra, por quatro anos, estabelecendo uma base da missão naquele país; viveu três meses em Israel e 27 anos em Moçambique, onde fundou a Casa Das Formigas. Faleceu em 18 de janeiro de 2017 em Londrina- PR.

Alfredo Gavene Banzima, moçambicano, presidente da Casa das Formigas em Moçambique desde sua criação, é casado com Mafalda Banzima, pai de seis filhos, avô de oito netos e uma bisneta.
Fundadores - Casa das FormigasNasceu em Bilene Macia, província de Gaza, que fica a mais ou menos 150 km de Maputo, capital de Moçambique. É contabilista de profissão e foi servidor público por 19 anos no Instituto Nacional de Cinema, antes de se render ao chamado para servir ao Senhor. No início da década de 1990, conheceu a missionária Delci, na Igreja Shalom de Moçambique, onde a irmã Delci ministrava um curso bíblico para pastores e líderes moçambicanos. O irmão Alfredo Banzima foi um dos cincos finalistas daquela turma que começara grande, com 64 alunos; muitos desistiram ao longo dos quatro anos do curso.
Delci comentou com a turma sobre o desejo de ajudar crianças e, para seu espanto, soube naquele dia que o irmão Alfredo abrigava 16 crianças em sua casa, um apartamento de 3 cômodos, sem contar os adultos. Ele dava abrigo para familiares que fugiam da guerra civil no campo. Assim, Deus confirmou no coração dela o sonho de criar um projeto para ajudar crianças em Moçambique.

Alfredo esteve junto com a missionária Delci na criação e idealização do projeto da Casa das Formigas. Como nacional, desempenhou um papel fundamental orientando e assessorando-a em todo o processo, sendo responsável por procurar o terreno para estabelecer a sede do projeto e toda a parte burocrática, que diz respeito à emissão de documentos para o registo e reconhecimento oficial do projeto perante o governo Moçambicano.

Em 1995, Alfredo recebeu Delci para morar junto com a sua família em sua casa, onde inicialmente a missionária arrendava uma sala; mais tarde, ele mudou-se para o bairro de Maxaquene, na periferia da cidade de Maputo, deixando arrendado todo o apartamento para a missionária morar com as crianças da Casa das Formigas. Foi neste apartamento que ela morou grande parte do seu tempo no campo missionário em Moçambique.

Em 1997, o irmão Alfredo recebeu uma bolsa de estudos para cursar Teologia com foco em Missões, na School of Mission em White River, África do Sul. Nos anos 2000 e em diante, fez o curso de Bacharel em Teologia na Escola Bíblica da Assembleia de Deus, em Maputo, e o Mestrado em Teologia no Centro Evangélico de Missões, em Viçosa, Minas Gerais (CEM), no Brasil.